British Music Experience

mus

O BME é um museu em Londres dedicado à história da música do Reino Unido. Ele foi aberto no fim de Março de 2009 e está localizado dentro da O2 Bubble Arena. Eu descobri esse local 15 dias antes de viajar na Folha de SP e como sou apaixonada pela música britânica há um bom tempo, não poderia deixar de dar uma passadinha por lá. Não me arrependi nem um pouco.

Achei um dos melhores museus que já visitei. Você entra numa sala de apresentação que parece a entrada para um show onde você é o artista. Você assiste à 1 vídeo que explica como funciona o museu e a maravilha que é o Smart Ticket, (já explico o que ele faz). O espaço é dividido por décadas, cada sala apresenta uma coleção de roupas e objetos de artistas famosos, além poder ver vídeos, ouvir histórias ou ler sobre os principais movimentos musicais, artistas e  discos mais populares da década. Então, é uma fonte imensa de informação. Você encontra coisas dos Sex Pistols, David Bowie, Spice Girls, Oasis e muitos outros artistas. Tudo é totalmente interativo e tecnológico. Você brinca, toca e/ou arrasta artistas e imagens para saber mais sobre eles. No centro do museu, existe um display com o mapa que lista todas as cidades que possuem casas de shows, cidade de origem ou qualquer outra coisa que fizeram alguma diferença na história da música do Reino Unido. Há também um display de vários aparelhos de reprodução de audio que surgiram ao longo dos anos, desde o jukebox ao ipod. Você pode escutar as músicas como são reproduzidas em cada um. Há um rádio que você sintoniza o ano, e escuta as principais notícias que aconteceram no mundo.

Outra parte é o Dance the decades, como o nome diz, você pode dançar pelas décadas. É um ambiente especialmente criado para você pagar um mico… rs, mas depois que passa a vergonha (porque todo mundo fica olhando mesmo) é divertido. Você seleciona um tipo de dança de uma década, faz uma aulinha copiando os movimentos da mulher que aparece em uma tela na sua frente. Depois disso, ela te coloca para dançar o ritmo escolhido enquanto você é filmado. Há espaços para improvisações e muita risada. Até eu que sou um pouco tímida acabei indo lá e soltando a franga no Twist e na Disco…. hahaha.

A parte mais legal com certeza é o studio da Gibson… principalmente se você toca ou já tocou algum instrumento musical. Mesmo se você não tem noção nenhuma, mas tem vontade, pode ir até lá. É basicamente uma sala grande com diversos modelos de guitarra, três baterias eletrônicas, um teclado, uma mesa de mixagem, e uma parte de canto. E o que você faz com isso? Você pode tocar todos! (Ou cantar) Isso mesmo, cada instrumento possui diversas programações de básica, intermediária e avançada. Você escolhe uma, faz os exercícios e no final, toca uma música que você escolheu, com a banda de fundo. (O som que aparece é o do seu instrumento de verdade, se você errar já era… rs) Claro que não perdi a oportunidade de tocar diversas músicas nos muitos modelos de guitarras (inclusive a do Carl do Libertines), e de quebra ainda tocar Blur na bateria (muito atrapalhada, só fiz 1 aula na vida real), e dar uma palhinha no teclado.

Agora, para que serve o maravilhoso SmarTicket que aparece ao lado? Em Smart Tickettodas as salas existem diversos Sensor Points, normalmente em cada fonte de informação e quando estiver vendo um assunto que te interessa, você passa o seu ticket. Isso te dará acesso às infos e muitos outros complementos no site da BME, para você continuar lendo e vendo filmes sobre o assunto quando estiver em casa. Cada ticket possui uma numeração única que serve como identidade, onde fica “gravado” todo o conteúdo. Sabe o que mais fica armazenado? As músicas que você tocou em todos os instrumentos no Studio Gibson, e você ainda pode fazer mais exercícios e video aulas pela internet. E não poderia faltar o vídeo-mico da Dance the decades.

Quem gosta de música não pode perder esse museu maravilhoso, eu adorei! Acho que passei lá umas 3 horas, no total. E conheci a O2 Arena, famosa casa de shows onde serão realizados os shows de despedida do Michael Jackson em Londres.

Localização: É super facinho de chegar, é só pegar a Jubillee Line até a estação North Greenwhich. Lá terão diversas placas indicando O2 Arena, e ao chegar na Arena, após passar o detector de metais, vá a direita e ande bastante. Não assuste por achar que está andando muito e não encontra o museu, o lugar é enorme, tem cinema, restaurantes, mercados e muitas outras coisas. Logo você verá a bilheteria.

Preço: £15 adulto e £12 estudantes, crianças, idosos, desempregados e deficientes. (Vale cada centavo!!)

Horário de funcionamento: Seg – Dom das 10h00 às 18h30 (última entrada, pois o museu fecha as 20h)

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s