Barcelona parte 1

Até o momento, o blog só tratou de duas cidades: Londres e Paris, por dois motivos. 1- São as cidades que mais tenho vontade de conhecer 2- São as cidades que mais pesquisei, pois são onde passarei mais tempo. Não quero desprezar as demais, que devem ser muito legais também, mas vou esperar eu retornar da viagem para ter mais o que escrever sobre elas. No entanto, resolvi abrir uma excessão, meu tour se encerra em Paris, mas a Pri, minha companheira prossegue à Barcelona, e por isso abro espaço para ela dar algumas dicas sobre a cidade. A série Barcelona será dividida em partes, nelas terão informações gerais, o que fazer, dicas e sugestão de roteiro. 

 Parte 1:

 Queridos internautas e leitores do Viaje na Janela. É uma honra enorme para mim escrever um post nesse blog. Como alguns sabem vou fazer cia. para a Nat durante o tour pela Europa. Foi muito estimulante para mim no começo saber que viajaria com uma pessoa tão antenada quanto a Nat. Mas infelizmente não terei sua companhia em uma das cidades que visitarei: Barcelona.Informações Úteis:

Sempre tive vontade de conhecer a Espanha, em especial Madri e Valencia (sei que pode parecer piegas da minha parte, mas tenho vontade de assistir uma tourada) mas infelizmente o meu tempo monetário não me deixaria ir tão longe, então decidi que Barcelona seria o ideal. Ela é considerada uma cidade moderna, cheia de lugares incríveis para ir, comer, beber, comprar e se divertir. É a cidade da Espanha mais agitada.

 

  • DDD:: 93

  • Informações turísticas:: www.barcelonaturisme.com

  • Consulado do Brasil em Barcelona:: Passeig de Gracia, 21, Principal, 934-882-288, brasilbcn.org

  • Hora local:: + 4h

  • Chamadas a cobrar:: 900990055 (Embratel) e 900990515 (Telefônica, serviço válido apenas para São Paulo)

  • Transporte:: o melhor é conhecer Barcelona a pé. Com disposição, você precisará pouco de metrô ou ônibus, que interligam toda a cidade. Vale comprar o bilhete T-10, que dá direito a dez viagens. E o bus turistic leva os preguiçosos de uma atração turística a outra. Todas essas informações estão no site da companhia de transportes metropolitanos: www.tmb.net

 Onde ir

 CATEDRAL DE BARCELONA – Esta igreja, em estilo gótico, começou a ser construída no século 12 e só foi concluída muito tempo mais tarde, quase no século 20. Sua fachada tem 70 metros de altura. É um bom ponto de partida para explorar o Bairro Gótico. – Plaça de la Seu, 933-151- 554. 8h/12h45 e 17h15/19h30 (seg. a sex.), 8h/12h45 e 17h15/19h45 (sáb.), 8h/13h45 e 17h15/19h45 (dom.).
MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA – Inaugurado em 1995, possui um importante acervo com obras de artistas espanhóis e de várias outras partes do mundo. –
Plaça dels Angels, 1, 934-120-810, www.macba.es. 11h/20h (seg. a sex.), 10h/20h (sáb.), 10h/15h (dom. e feriados).
MUSEU PICASSO – Aqui estão obras do início da carreira do pintor e alguns de seus trabalhos principais, caso da série As Meninas. –
Carrer de Montcada, 15-23, 933-196-310, www.museupicasso.bcn.es. 10h/20h (ter. a dom.).
PARC DE LA CIUTADELLA – Lindo parque no centro da cidade, onde estão o zoológico de Barcelona e o Museu de Arte Moderna. Ótimo programa de domingo – Av. Del Marqués de l’Argentera, s/nº. 7h/21h.
PARC DE MONTJUÏC – Grande parque construído para a Feira Internacional de 1929, onde estão o Palau Nacional, que funciona como museu de arte; a Fundación Miró, que abriga as principais obras do pintor surrealista Joan Miró; a Plaça de Espanya; e o Estádio Olímpico, construído para os Jogos de 1992. –
Fundación Miró, 934-439-470, www.bcn.fjmiro.es. 10h/20h (ter. a sáb., de julho a setembro);10h/19h (ter. qua., sex. e sáb.) e 10h/21h30 (qui.) de outubro a junho; 10h/14h30 (dom. e feriados). € 7,50. Palau Nacional, Passeig de lês Cascades, s/nº, 934-237-199, www.mnac.es. 10h/19h (ter. a sáb.), 10h/14h30 (dom. e feriados).
PARC GUËLL – Tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, este parque é muito mais que uma enorme área verde. Preste atenção na entrada, construída por Gaudí, e não perca a curiosa Sala das Cem Colunas, com seus pilares tortos. – Carrer d’Olot, 932-130-488. 10h/20h.
PEDRERA OU CASA MILÀ – Um dos projetos mais ousados de Gaudí, esta casa com a fachada curva foi a última e mais elaborada de suas obras civis. – Passeig de Gràcia, 92, 934-845-995. 10h/20h (outubro a maio), 10h/0h (junho a setembro).
RAMBLAS – A rua mais conhecida da cidade é um circo a céu aberto, com bancas de flores, animais, artistas de rua, ciganas que lêem o futuro e outras surpresas. – Faz a ligação entre a Plaza de Colón e a Plaza Catalunya.
SAGRADA FAMÍLIA – O templo idealizado por Antonio Gaudí virou o símbolo da cidade. O mestre começou seus projetos em 1883 e morreu sem terminá-lo. A catedral, aliás, permanece inacabada e, mesmo assim, é um espetáculo de ousadia e criatividade. Gaudí está enterrado aqui, na cripta –
Carrer Mallorca, 401, 932-073-031, www.sagradafamilia.org. 9h/20h (abril a setembro), 9h/18h (outubro a março).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s